O município do Porto Moniz iniciou oficialmente a época balnear com o hastear da Bandeira Azul nas piscinas naturais.

O vice-presidente do município, Luís Teixeira presidiu à cerimónia. Durante o seu discurso referiu todo o trabalho que o município tem vindo a desenvolver numa política de preservação ambiental, nomeadamente com o projecto ‘Embala+’ e a sua iniciativa ‘Ecomoniz’.

Agradeceu publicamente a todos aqueles que se empenharam na manutenção e recuperação deste património e à comunidade escolar pela sua dedicação e empenho na preparação de iniciativas que promovam uma melhor consciência ambiental e cívica.

Na cerimónia, em representação do Governo Regional da Madeira, esteve presente Paula Menezes, directora regional de Ordenamento do Território e Ambiente, que saudou a parceria existente entre este município e a DROTA, sempre em prol de um melhor ambiente. Referiu ainda que Porto Moniz foi um dos primeiros concelhos a erguer a Bandeira Azul e conseguiu ao longo destes 23 anos manter a sua qualidade.

A animação da cerimónia esteve a cargo das Crianças do concelho que cantaram os hinos e o grupo de percussão PanCAOtuques, do Centro de Atividades Ocupacionais de São Vicente/Porto Moniz.

A Câmara municipal do Porto Moniz, através do presidente Emanuel Câmara, marca presença em Cabo Verde, num encontro transnacional de ecoturismo.

O Espaço de Cooperação Madeira-Açores-Canárias (MAC) é composto por três arquipélagos, pertencentes a Portugal e Espanha e catalogados como Regiões Ultraperiféricas. A condição insular condicionou historicamente o desenvolvimento económico, social e cultural destes territórios, aumentando a sua dependência externa e dificultando o seu desenvolvimento devido às desvantagens que representam a fragmentação e o isolamento do território. Além disso, existe ainda a distância ao restante espaço económico dos territórios de que fazem parte levando a que haja necessidades diferenciadas.

De referir que da Região Autónoma da Madeira apenas o Município de Porto Moniz integra esta parceria, sendo o objetivo primordial a angariação de fundos provenientes de uma linha de apoio a projetos que potenciem as atividades de natureza aliadas à promoção turística, estando já o Município a trabalhar num projeto de ecoturismo na área dos desportos radicais.

Realiza-se nos próximos dias 25 e 26, o XXVII Encontro Nacional de Marketing e Comunicação Autárquica, no auditório superior do Centro Ciência Viva de Porto Moniz, organizado e promovido pela ATAM – Associação do Trabalhadores da Administração Local e com o apoio do Município de Porto Moniz.

Este fórum nacional é dirigido a todos os eleitos, assessores de imprensa, técnicos de comunicação e/ou relações públicas, designers, e outros trabalhadores que executem tarefas inerentes a esta matéria e contará com vários representantes de autarquias de Portugal continental e da Região Autónoma da Madeira.

Serão debatidos temas como “vestir a cidade para um grande evento nacional”, “- As eleições e o Poder Local: como gerir a Comunicação?*, “O Código Universal de Cores para Daltónicos”, “Comunicação Autárquica: que legislação?”, “A importância do projeto gráfico para os veículos de comunicação” e a “A proteção de dados e a captação de imagens”.
Haverá também uma apreciação dos membros presentes, das várias revistas / boletins municipais, sendo votado o melhor da exposição.

O Ensemble Vocal Regina Pacis atou este domingo, dia 13 de maio, pelas 10h30, na Igreja Matriz de Porto Moniz.

O concerto e a solenização eucarística pelo Regina Pacis surge da parceria estabelecida entre a Câmara Municipal da Porto Moniz e a Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia, no âmbito da Temporada Artística 2018, decorrendo também da política de descentralização cultural que a DSEAM empreende no seu plano anual de concertos e espetáculos.

O Ensemble Vocal Regina Pacis é constituído, nesta temporada, por cerca de uma dezena de elementos, dirigido pela maestrina Zélia Gomes e acompanhado pela pianista Lénia Correia.

Partilhar