A aposta na Educação é um dos pilares essenciais da governação do executivo do Município do Porto Moniz, tendo decorrido hoje a entrega dos manuais escolares a todos os alunos, do 1º ao 12º ano, matriculados nas escolas do concelho. O município do Porto Moniz, com um investimento superior a €19.000, continua a inovar e, este ano, disponibiliza também os cadernos de atividades a todos os alunos, aliviando significativamente a despesa nos orçamentos das famílias do Porto Moniz.
Segundo Emanuel Câmara, presidente do município “As pessoas não podem ser vistas como números e estas são as medidas que consideramos mais benéficas para a população, atendendo à realidade de um concelho envelhecido, procurando-se assim conciliar a aposta na Educação com o combate ao êxodo rural. O município do Porto Moniz orgulha-se de ser pioneiro na implementação deste tipo de apoios à Educação.”
Ainda neste setor, o executivo camarário investe noutros apoios, destacando-se a comparticipação de  50% na mensalidade das crianças da Creche e Pré-escolar (antes do início da escolaridade obrigatória); disponibilização de transporte escolar gratuito para todos os alunos do concelho; atribuição de prémios de mérito a alunos de todos os anos de escolaridade de todos os níveis de ensino; bolsa de estudo no valor total de €1500 anuais a cada estudante do Ensino Superior e reembolso de duas viagens, no valor total de €400, a todos os alunos a estudar fora da Região.

O Centro de Atividades Ocupacionais de São Vicente/Porto Moniz, em parceria com a Câmara Municipal de Porto Moniz inaugurou, ontem, a IV Exposição Reciclo Arte, que estará patente ao público até 20 de junho, no Centro Ciência Viva.

A cerimónia de abertura contou com a atuação artística da banda residente Pancaotuques e com um desfile de três grupos, com fatos artesanais, nomeadamente, Gabinete de Apoio ao Idoso de Porto Moniz, ADENORMA e, o terceiro grupo os utentes do Centro de Atividades Ocupacionais de São Vicente/Porto Moniz juntamente com os utentes da Fundação Mário Miguel (Lar de Idosos de Porto Moniz).

O município do Porto Moniz iniciou oficialmente a época balnear com o hastear da Bandeira Azul nas piscinas naturais.

O vice-presidente do município, Luís Teixeira presidiu à cerimónia. Durante o seu discurso referiu todo o trabalho que o município tem vindo a desenvolver numa política de preservação ambiental, nomeadamente com o projecto ‘Embala+’ e a sua iniciativa ‘Ecomoniz’.

Agradeceu publicamente a todos aqueles que se empenharam na manutenção e recuperação deste património e à comunidade escolar pela sua dedicação e empenho na preparação de iniciativas que promovam uma melhor consciência ambiental e cívica.

Na cerimónia, em representação do Governo Regional da Madeira, esteve presente Paula Menezes, directora regional de Ordenamento do Território e Ambiente, que saudou a parceria existente entre este município e a DROTA, sempre em prol de um melhor ambiente. Referiu ainda que Porto Moniz foi um dos primeiros concelhos a erguer a Bandeira Azul e conseguiu ao longo destes 23 anos manter a sua qualidade.

A animação da cerimónia esteve a cargo das Crianças do concelho que cantaram os hinos e o grupo de percussão PanCAOtuques, do Centro de Atividades Ocupacionais de São Vicente/Porto Moniz.

A Câmara municipal do Porto Moniz, através do presidente Emanuel Câmara, marca presença em Cabo Verde, num encontro transnacional de ecoturismo.

O Espaço de Cooperação Madeira-Açores-Canárias (MAC) é composto por três arquipélagos, pertencentes a Portugal e Espanha e catalogados como Regiões Ultraperiféricas. A condição insular condicionou historicamente o desenvolvimento económico, social e cultural destes territórios, aumentando a sua dependência externa e dificultando o seu desenvolvimento devido às desvantagens que representam a fragmentação e o isolamento do território. Além disso, existe ainda a distância ao restante espaço económico dos territórios de que fazem parte levando a que haja necessidades diferenciadas.

De referir que da Região Autónoma da Madeira apenas o Município de Porto Moniz integra esta parceria, sendo o objetivo primordial a angariação de fundos provenientes de uma linha de apoio a projetos que potenciem as atividades de natureza aliadas à promoção turística, estando já o Município a trabalhar num projeto de ecoturismo na área dos desportos radicais.

Partilhar