O Município do Porto Moniz convida toda a população para a cerimónia de abertura do Projeto "Um dia pela vida" Porto Moniz 2018/2019, no próximo dia 2 de dezembro de 2018, domingo, pelas 16h:00, no Centro de Multiusos do Porto Moniz.

 


Porto Moniz, um Município de causas.

 

 A Câmara Municipal de Porto Moniz, promove pelo quarto ano consecutivo, o IV CONCURSO DE PRESÉPIOS.

Esta iniciativa tem como objetivos principais enfatizar a época natalícia, sensibilizar e incentivar a comunidade local para a tradição cultural da construção de presépios.

Os interessados em participar no concurso poderão proceder à sua inscrição até o dia 30 de novembro no Município de Porto Moniz, durante o horário normal de expediente ou ainda por correio eletrónico, através do seguinte endereço: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

 

No âmbito das comemorações do Dia Internacional do Idoso, partiu hoje, para os Açores, uma comitiva de idosos, acompanhada pelo presidente do Município.

A iniciativa, organizada pelo Gabinete de Apoio ao Idoso, contou com uma forte adesão dos munícipes, que não quiseram perder a oportunidade de conhecer o arquipélago vizinho.

Para o presidente Emanuel Câmara, “os idosos são aqueles que merecem a melhor atenção do meu executivo. Hoje são idosos, mas ontem, enquanto jovens, foram aqueles que fizeram do Porto Moniz o que é agora”. Prosseguiu informando que continuará a aposta na qualidade de vida do idoso no município, e é através da criação, por parte do executivo socialista, do Gabinete de Apoio ao Idoso, que se consegue mais facilmente compreender e dar resposta às necessidades do dia-a-dia daqueles cuja idade impõe algumas limitações. O GAI é, num concelho com a população maioritariamente envelhecida, uma aposta ganha que conta já com cerca de 640 inscritos. Através do programa “Vida +”, existe uma aposta clara no combate ao sedentarismo, quer com a oferta de aulas de atividade física e hidroginástica, quer com a organização de caminhadas intergeracionais. Foi ainda criado o cheque farmácia, no valor de €120 anuais para o apoio à compra de medicamentos.

O GAI disponibiliza ainda, todos os dias, uma equipa composta por uma socióloga, uma psicóloga, uma enfermeira e uma assistente social que acompanham os idosos nos mais diversos contextos e em visitas domiciliárias,auxiliando-os e realizando um diagnóstico constante e pormenorizado das suas necessidades. O autarca diz que “estas são as medidas a que todos os idosos, mesmo fora do Porto Moniz, deveriam ter direito. É a governação de proximidade e sempre pelas pessoas, pois sem elas, nenhum mandato faria sentido. Enquanto autarcas com responsabilidades, devemos sempre servir as pessoas e nunca servirmo-nos das pessoas”, terminou.

Num programa de três dias, estão agendadas deslocações aos pontos mais importantes da ilha de S. Miguel, com destaque para a visita à Lagoa das Sete Cidades, ao Parque Terra Nostra e às Furnas, incluindo-se a degustação do típico cozido.

Devido à significativa afluência, a Câmara Municipal do Porto Moniz, distribuiu os idosos inscritos  por dois grupos, repetindo o mesmo programa entre os dias 21 e 23 de outubro.

Esta localidade pitoresca, pertencente ao concelho do Porto Moniz, dotada de uma paisagem que se estende do mar à serra, apesar dos evidentes problemas de desertificação, decorrentes da redução da natalidade e dos surtos emigratórios, apresenta motivos para uma visita, destacando-se o seu teleférico, através do qual se tem acesso ao Calhau das Achadas, uma fajã de beleza ímpar.

António Correia, Presidente da Junta de Freguesia das Achadas da Cruz, apesar de estar ciente dos problemas com que se debate a sua freguesia, não deixa de vincar o esforço que a Câmara

Municipal do Porto Moniz tem vindo a desenvolver no sentido de apoiar esta freguesia nas mais variadas vertentes.
Para assinalar a data, a Junta de Freguesia organizou um programa que terá o seu início pelas 15 horas, com uma missa, seguindo-se a sessão solene, eventos nos quais o Presidente da Junta e o seu executivo contam com a presença das entidades convidadas, mas também da população da freguesia.

A encerrar as comemorações, terá lugar um convívio que, no entender do Presidente da Junta, será um momento de “franca convivialidade” e uma forma de ajudar a população a manter as suas tradições.

Partilhar