Social

 

  

Apoio à Vitima

“A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), na sua missão diária de apoiar as vítimas de crime, seus familiares e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, de forma gratuita e confidencial, tem mantido como baluarte o apoio a crianças e jovens vítimas de violência como uma das suas prioridades.

A experiência da APAV, juntamente com a atualidade e a pertinência de qualificar o apoio a estas vítimas, fez com que o projeto CARE – apoio a crianças e jovens vítimas de violência sexual – fosse aprovado e financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian. Este tem como objetivos a produção de conhecimento e a implementação da rede CARE, como rede especializada da APAV, que visa a operacionalização de um apoio especializado.

Para o efeito, o projeto e a rede CARE contam com uma rede de parceiros, de onde se destacam a PSP, Polícia Judiciária e o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, I.P., bem como com uma equipa de técnicos especializados e dedicados, distribuídos pelo território de Portugal Continental e Regiões Autónomas.”

Nos dias de hoje, esta problemática tem vindo a aumentar e é neste sentido que também a Sociedade Civil e as Organizações Públicas procuram dar respostas adequadas para que todos os cidadãos possam sentir-se incluídos e protegidos na Sociedade.

Para mais informações deverá consultar o site : http://violenciadomestica.gov-madeira.pt , onde poderá encontrar mais informações que abordam esta problemática na Região Autónoma da Madeira.

 

VÍTIMAS: O QUE FAZER?

Em caso de emergência, contacte:

 - 112 (Polícia) - Para Proteção;

- 144 (Linha de Emergência Social) - Para Apoio.

 A chamada é gratuita e estes serviços estão disponíveis 24 horas por dia.

 

PEDIR APOIO JUNTO DOS SEGUINTES ORGANISMOS

 · Equipa de Apoio à Vítima de Violência Doméstica - 291 205 135

· Associação Presença Feminina - 291 759 777

· Serviços de Acão Social da área de residência

· Posto de Esquadra da área de Residência

· Tribunal

· Serviços de Ministério Público

· Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da área de residência

· Centro de Saúde da área de residência

· Hospital

NÃO GUARDE SILÊNCIO!